IDIOMA

 
 
 

SOCIAL

 
 
 
 
 
 

Conheça Mato Grosso

Ações da SEDTUR

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins:





Quinta, 22 de abril de 2010, 12h00 | Tamanho do texto: A- A+

Aeroporto de Alta Floresta muda de categoria e pode receber aeronaves de grande porte

RAQUEL TEIXEIRA/Sedtur-MT
 
Crédito: Edson Rodrigues/Secom-MT
Crédito: Edson Rodrigues/Secom-MT

O aeroporto Osvaldo Marques Dias, em Alta Floresta, obteve da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a elevação de categoria 2 para 5. Com isso, o aeroporto, que possui uma das maiores pistas de pouso da região Centro-Oeste fica habilitado a operar com pousos e decolagens de aeronaves de grande porte. Atualmente, o aeroporto municipal recebe dois voos diários de aeronaves de médio porte da empresa TRIP, que após essa mudança de categoria pode operar com jatos que tem maior capacidade de transporte de passageiros.

A secretária de Indústria, Comércio e Turismo de Alta Floresta, Célia Castro, destaca que a elevação da categoria é um avanço importante para o crescimento do município, especialmente no setor turístico. “Com essa mudança, outras empresas áreas podem se interessar em operar na região, ampliando nosso fluxo de visitantes”, disse Célia ao se referir a região do Portal da Amazônia que tem em torno de 300 mil habitantes. A expectativa, ainda segundo a secretária municipal, é que o aeroporto passe a operar com voos de carga. Técnicos da Anac vistoriaram o aeroporto de Alta Floresta na última semana e emitiram parecer favorável, conforme informações da secretária municipal.

DESTINO DO ECOTURISMO

Alta Floresta é um dos principais destinos de ecoturismo no País, com hotel de selva dentro de uma reserva particular, que limita com o Parque Estadual do Cristalino, e aonde o turista pode contemplar a rica fauna e flora da região e usufruir de um contato direto com a natureza.

O aeroporto Osvaldo Marques Dias, cuja pista de pouso tem 2.500 metros de extensão, recebeu no final do ano passado um dos principais equipamentos para que o local possa operar com aeronaves de grande porte, um caminhão AP 2, de combate a incêndio, que opera com espuma química. Além disso, bombeiros que atuam no município receberam capacitação da Anac em aerosalvamento. O caminhão foi cedido pelo Ministério da Defesa, por meio do 6º Comando Aéreo Regional (Comar), que destinou o mesmo equipamento aos aeroportos municipais de Sinop e de Rondonópolis, este último ainda a ser entregue no mês de maio.

A secretária de Estado de Desenvolvimento do Turismo, Vanice Marques, reforça que a mudança na categoria do aeroporto de Alta Floresta, além de contribuir na expansão da aviação regional, incide diretamente no estímulo ao turismo na região. “Fortalece a expansão econômica do Estado, pois vemos que as empresas estão constantemente preocupadas em melhorar, em ampliar seus investimentos. E isso reflete positivamente no turismo, colaborando para consolidar cada vez mais Mato Grosso como um dos principais destinos turísticos do país”, disse Vanice.

Vanice lembra ainda do apoio do Governo Federal e o empenho de gestores e parlamentares do Estado para que os equipamentos fossem destinados a Mato Grosso. “Depois de muitas negociações idas e vindas conseguimos estes veículos para melhorar a segurança de três aeroportos em nosso Estado”, disse Vanice ao se referir aos aeroportos de Sinop, Alta Floresta e Rondonópolis.

Previsão do Tempo

Cotação do Dólar

  • DATA
  • COMPRA
  • VENDA
  • 19/2
  • 1.9591
  • 1.9597

Fonte: www.bcb.gov.br